O que eu faria se tivesse dinheiro infinito? (everything stays)

Outro dia eu parei para honestamente responder essa pergunta: o que eu faria se tivesse dinheiro infinito? Estou escrevendo e ouvindo essa música: Everything Stays A pergunta não se baseava em “fazer com o dinheiro” e sim em “fazer da vida com tanto dinheiro”; do tipo: como eu viveria minha vida se tivesse dinheiro infinito?…

Eu decidi ser crudívora por 30 dias

Esse é meu primeiro post sobre Raw Food e eu acho justo contextualizar, afinal, não é todo dia que a gente abre mão de todas as porcarias quentinhas e deliciosas do mundo em troca de uma boa noite de sono, concorda? Deixa eu explicar… Há alguns dias eu estava em SP hospedada num motel. Sim,…

A liberdade de fazer o que você não quer

Meu primeiro pensamento de revolta veio numa das aulas de equinocultura. A sala ficava no hospital veterinário de grandes animais, numa espécie de puxadinho com paredes infiltradas. Era escura e tinha cheiro de bicho e mofo. A matéria da aula aparecia na parede vindo de um datashow com slides da época da inauguração de Brasília…

Substituindo o armário da discórdia (com fotos)

Como o desgosto pelo armário foi quem desencadeou nossa reforma, foi exatamente por ele que começamos. Escolher a fábrica foi fácil e eu nem pesquisei porque eu já sabia que, se um dia fizéssemos armários planejados, seria com a empresa familiar do meu amigo Felipe Bomtempo; que já existia desde a época em que estudávamos…

Dinheiro para patrocinar vestidos e Pikachus

Achei a ideia tão legal que tive que vir aqui compartilhar. Você já imaginou como seria sua vida se você tivesse uma renda extra mensal só para gastar sem culpa com coisas desnecessárias que você ama?! Talvez você ame maquiagem, talvez ame Lego ou videogames. Talvez você ame conhecer restaurantes novos ou comprar cervejas artesanais…

20 dias para ficar magra ou íntegra?

Breve pausa nos posts sobre reforma para falar sobre algo que tem me consumido nos últimos meses: meu peso (e minha agenda). Com a confusão romântica dos últimos dois anos (que já foi oficialmente resolvida) e a instabilidade profissional, deixei de fazer exercícios e me alimentar bem para usar minha energia com drama. Assim, ganhei…

O preço de morar na casa dos fundos

Aos 22 anos, decidi contrariar o desejo dos meus pais e me recusei a fazer concurso público. Houve um rompimento velado e mútuo de expectativas e, querendo estar certa, me presenteei com a esmagadora responsabilidade de me dar bem na vida – só para provar que era capaz. Por “bem na vida” eu queria dizer “não precisar…

Criando organização na minha vida

“Eu não quero voltar para casa, eu não gosto do nosso armário…” Sim, é com esse tipo de coisa que o Leandro precisa lidar quando eu resolvo dar birra. E o que eu percebi é que, quanto maior a bagunça, maior a birra – e mais desculpas eu tenho (e dou) para não fazer o que…