Criando organização na minha vida

priscila saboia curso organizacao roupas

“Eu não quero voltar para casa, eu não gosto do nosso armário…”

Sim, é com esse tipo de coisa que o Leandro precisa lidar quando eu resolvo dar birra. E o que eu percebi é que, quanto maior a bagunça, maior a birra – e mais desculpas eu tenho (e dou) para não fazer o que eu disse que faria.

O armário feio e velho vinha sendo minha reclamação recorrente e, mesmo tendo comprado um curso online de organização, eu continuava paralisada entre caixas, cabos e meias faltando um pé.

De madeira marrom e herdado da minha avó, meu bode expiatório em formato de guarda-roupas era pequeno demais para duas pessoas, bambo por causa dos parafusos frouxos e cheio de traças.

Além disso, contribuía para a decoração não-tão-charmosa-assim da nossa casa (também herdada da minha avó), situada no fundo da casa dos meus pais. Você olha para um cenário como esse e pensa: é, não tem muito o que fazer.

Mas teve. Muito mais do que a gente esperava (e imaginava) foi feito.

priscila saboia curso organizacao

curso organizacao priscila saboia

Se “de qualquer quintal faço cidade”, bastou um leve (tremendo) incentivo do Leandro para encararmos um extreme makeover que agitou a Colônia Agrícola e tirou o sossego dos meus pais por cerca de 2 meses.

A troca do armário marrom da discórdia por um branquinho embutido desencadeou um efeito dominó tão grande que a reforma se estendeu para os dois quartos, os banheiro e o escritório.

E apesar de eu não entender um “a” sobre construções e pedreiros, a coragem de projetar os ambientes na minha cabeça e a confiança cega do Leandro de realizar as ideias, mesmo sem entender nada do que eu falava, transformou nossa casa e nossa vida.

O closet surgiu daí, assim como nosso banheiro lindo e megalomaníaco, as inesperadas paredes pretas pintadas a giz e (principalmente) a possibilidade de viver num lugar tão organizado e agradável de onde nós não temos mais vontade de sair – e eu vou falar detalhadamente sobre isso.

Então, se você não está tão satisfeito com sua casa, com um cômodo específico ou com uma gaveta que insiste em permanecer caótica, acompanhe os próximos posts. Talvez surja uma ideia, uma inspiração ou mesmo motivação para colocar a mão na massa.

Se funcionou por aqui, funciona em qualquer lugar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *