San Diego não é, necessariamente, o tipo de cidade que a gente sonha passar férias. Não é um destino final que nos coloca em mais de 10 horas de voo pelo simples prazer do turismo.

Parece mais um ponto no meio do caminho, uma espécie de complemento de Los Angeles, do tipo “ah, bora dar um pulinho lá, a gente já tá aqui mesmo…”.

Não para mim, aos 19 anos de idade.

Naquele janeiro, acordando todos os dias às seis da manhã para o meu empolgante estágio no Zoológico de Brasília, fiquei sabendo que San Diego tinha um dos zoos mais sensacionais do mundo.

De férias da UnB, eu passava todo meu tempo livre sonhando com o famoso zoológico californiano e fazendo planos de viagem intermináveis que, para minha surpresa, terminaram sim, junto com o estágio – voltei às aulas e nunca mais lembrei de San Diego ou de zoológicos.

Não até o Conrado aparecer com um irrecusável convite de road trip.

San Diego - California

Dirigimos de Los Angeles para San Diego numa tarde de terça. Foi uma viagem relativamente rápida (assim que nos livramos do trânsito de LA) e tranquila, com uma única parada para nos abastecer de comida mexicana.

Ficamos hospedados num Airbnb a quatro quadras do quarteirão mais famoso da cidade, o Gaslamp Quarter.

Na minha opinião, foi uma ótima escolha, já que estávamos a uma distância suficiente para não ser incomodados pelo barulho da algazarra e perto o bastante para nos juntar a ela (a pé) quando quiséssemos.

viagem-san-diego-quais-as-chances-4

viagem-san-diego-quais-as-chances-6

O nome do quarteirão vem das lamparinas a gás que iluminavam a cidade muitos anos atrás. Hoje, elas continuam pelas calçadas ao longo do Gaslamp Quarter e são uma das coisas mais charmosas de San Diego.

No Gaslamp Quarter você encontra bares, restaurantes, cafés, sorveterias e várias lojas. Nada sofisticado ou caro demais, mas cool o bastante para você querer entrar, comer e comprar.

Tudo isso com muito mais organização e sem as varandas e os bêbados (e flertes) de New Orleans – mas também sem o karaokê escandaloso e as comidas vagabundas no meio da rua que eu amo. 😛

A rua principal, na 5th, é a mais legal e frequentada do Gaslamp, embora as secundárias também valham o passeio. Os hotéis mais conhecidos, como Hard Rock e Hilton, ficam ali perto, com uma vista linda do mar.

viagem-san-diego-quais-as-chances

viagem-san-diego-quais-as-chances-2

Além do clássico tour pelo miolo de San Diego e da rápida visita ao La Jolla (onde vi leões marinhos parrudos e fofos tomando sol), fomos à Old City.

viagem-san-diego-quais-as-chances-7 viagem-san-diego-quais-as-chances-9Na Old City você tem uma ideia para lá de vívida de como era a antiga San Diego.

Caminhando pelo chão de terra batida de uma casinha de madeira para outra, você poderá costurar uma colcha ao lado de senhoras simpáticas com trajes típicos, fabricar suas próprias velas coloridas (ou sais de banho), degustar chás com ervas típicas ou comprar doces locais.

Você também encontrará construções antigas representando bancos, gráficas, hotéis, lojinhas e restaurantes.

Old City San Diego - California

Old City San Diego - CaliforniaOld City San Diego - California Old City San Diego - California

Old City San Diego - California

Nos finais de semana, é possível acompanhar a fabricação de sorvete artesanal e experimentar a (anunciadamente) deliciosa casquinha feita por eles mesmos.

Eu testei o milkshake de cookies’n’cream e combinou perfeitamente com o clima do local e meu desejo insaciável de laticínios após o Whole30.

Old City San Diego - California Old City San Diego - California

Old City San Diego - California Old City San Diego - California

Foi um passeio perfeito.

Três dias sem roteiro, sem estresse e sem muitos planos, apenas com algumas caminhadas sem rumo e paradas ocasionais.

Três dias sem zoológico nenhum, para minha surpresa.

E a verdade é que eu até gosto desse meu processo evolutivo, de preferir luzinhas históricas a pandas enjaulados. A pergunta é: e daqui outros dez anos? Onde (geográfica e emocionalmente falando) eu vou estar?

Ninguém sabe. 🙂

Old City San Diego - California

COMPARTILHAR
Artigo anteriorMeus resultados fazendo o Whole30 (antes e depois)
Nasci em Brasília e fiz faculdade aqui. Sou louca por animais, mas abandonei a veterinária para empreender (e trabalhar em casa de pijamas). A paixão por viagens começou em 2010, quando me enfiei num navio em direção ao Egito. Hoje, trabalho exclusivamente com marketing digital, tenho 2 gatas e já passei por 42 países. Sonho ter uma vespa bege, dar a volta ao mundo e juntar oito dígitos no banco – e minha jornada em busco disso, você acompanha aqui.

Deixe um comentário

Please enter your comment!
Please enter your name here